# Você está no núcleo Curitiba

18 de maio: em vídeo, presidente da SBEE, Maury Rodrigues da Cruz, convida a todos para um momento de concentração e prece às 20h

Ocasião será importante para celebrar os 134 anos de desencarne do espírito Leocádio José Correia e ocorrerá das 20h às 20h15

Celebrando os 134 anos de desencarne do espírito Leocádio José Correia, o presidente da Sociedade Brasileira de Estudos Espíritas (SBEE), Maury Rodrigues da Cruz, convida a todos para fazer 15 minutos de concentração e prece hoje, 18 de maio, das 20h às 20h15. “Atentos, com uma alegria interior e com a certeza de que a sua presença nos fortifica, nos ampara, nos dá a oportunidade de compreendermos melhor, pelas suas lições, o mundo em que vivemos e o processo evolutivo. Nesse momento, estamos longe, mas estamos juntos”, afirmou o professor Maury.

O professor Maury gravou uma mensagem, em vídeo, para esta data tão especial. Acesse:

LEOCÁDIO JOSÉ CORREIA – Nascido em Paranaguá, litoral do Paraná, em 16 de fevereiro de 1848, Leocádio desencarnou com apenas 38 anos de idade. E logo após – em pouco menos de dois anos -, começou a se manifestar espiritualmente: primeiro, no litoral do Estado de Santa Catarina; posteriormente, no Estado do Paraná, fazendo um trabalho fraterno de atendimento às pessoas e de divulgação da mensagem cristã, à luz da Doutrina dos Espíritos. Na SBEE, se manifesta por meio do médium e presidente da instituição, Maury Rodrigues da Cruz, há cerca de 65 anos, atendendo milhares de pessoas necessitadas.

A cidade litorânea guarda carinhosamente em sua memória a força da atitude profissional e humanitária de Leocádio. Respeitado e amado médico, ajudou a escrever a história do Paraná provincial, na segunda metade do século 19. Além de médico, foi também ator, escritor, jornalista e político.

POEMA DA ETERNIDADE

A eternidade falando, através do silêncio: sou a serenidade, falei cantei e canto os hinos da eternidade.

Sou a verdade, como a verdade é a mãe da vida.

Sou o conforto, no sofrimento, a esperança na dor, a força quando tudo parece perdido.

Sou aquela fonte de compaixão, pois sou a indulgência, a fraternidade e o perdão.

Sou a bondade, a caridade.

Sou o pensamento revolucionário porque sou no silêncio do teu ser, a inteligência que clama por Deus, o poder.

Sou o rochedo: tenho sido pedra, monumento.

Sou forte, sou o vento, a tempestade, a chuva, o céu e a terra.

Sou um punhado de areia.

Sou um grão, sou o começo, a determinação.

Sou uma fatia de pão.

Sou o coração, sou a carne, o espírito, o movimento.

Sou a árvore, o fruto, a semente, a luz na escuridão.

Talvez não saibas que sou a vida na tua vida, a alma de tua alma, o caminhar de teu caminhar, a evolução de tua evolução.

Sou teu pai, Deus, a criação.

(Leocádio José Correia – mensagem psicofonada pelo médium Maury Rodrigues da Cruz em 6 de dezembro de 1985.)